sábado, 31 de maio de 2014

OSCAR: Melhor Atriz Principal - 1976






Talia Shire
Rocky - O Lutador
(Rocky)
★ ★   

Visão Geral: Em 1976, Rocky era o favorito em diversas categorias, tanto que Sylvester Stallone e Talia Shire tinham grandes esperanças de saírem vitoriosos aquela noite nas categorias de atuação. Ambos os atores perderam e ambos tiveram reações desprezíveis. No caso de Shire, foi mais do que bem feito já que ela insistiu em concorrer na categoria principal ao invés da coadjuvante (o que ela realmente era). Rocky é um filme sobre a ascensão de um lutador, e Adrien é apenas a namorada desse lutador. O que provavelmente levou ela a concorrer ao óscar, além do sucesso do filme, foi o fato de que Adrien era um personagem de composição. Mas para o papel da garotinha tímida, nerd e reprimida, os cuidados têm que serem redobrados. Qualquer atriz sem o mínimo de percepção pode ficar presa na superfície de um personagem de composição: maneirismos, caretas e caracterização. E é exatamente o que acontece, Adrien é uma imagem praticamente sem conteúdo. Adrien se rebela durante o filme, e é daí que saíram as chamadas oscar scenes (cenas de óscar), mas pra mim essas cenas não dizem nada, pelo contrário, são feitas com exagero por Shire.

OSCAR: Melhor Atriz Principal - 1994






Miranda Richardson
Tom & Viv
(Tom & Viv)
★ ★   

Visão Geral: Sabe aquela vontade de que um filme acabe o mais rápido possível? Então, isso acontece com Tom e Viv. Miranda Richardson é uma boa atriz e, ao lado do ótimo Willem Dafoe, entrega uma performance consistente, mas completamente fria, que não me atingiu de maneira alguma. Sua personagem sofre de problemas psicológicos, mas isso nunca se torna interessante, principalmente porque o roteiro não permite, e mesmo que Richardson se saia bem em algumas cenas como louca, isso nunca melhora o filme ou a performance. Uma indicação desperdiçada.

OSCAR: Melhor Atriz Principal - 1937






Janet Gaynor
Nasce Uma Estrela
(A Star is Born)
★ ★   

Visão Geral: Janet Gaynor é sem dúvidas a minha atriz favorita do cinema mudo, então fui com vontade assistir Nasce Uma Estrela. Apesar de não ter nada do que reclamar em sua atuação, é inevitável a comparação com a performance de Judy Garland na versão musical da mesma história. Garland consegue fazer da personagem realmente uma estrela, enquanto Gaynor entrega uma performance tímida e recatada demais para suportar o título do filme. O que mais gosto mesmo nesta performance é a química entre ela e Fredrich March - ator que adoro. Não há uma única cena entre os dois que não valha a pena ser vista, algo tão gracioso e verdadeiro que se iguala a Garland e James Mason na segunda versão.

domingo, 25 de maio de 2014

OSCAR: Melhor Atriz Principal - 1944






Bette Davis
Vaidosa
(Mrs. Skeffington)
★ ★   

Visão Geral: Bette Davis é, sem dúvida alguma, a atriz da golden age que mais possui fãs e é bastante compreensível o motivo: a mulher tinha uma presença em tela maior do que qualquer outra diva, até do que Greta Garbo. Pra mim, qualquer pessoa que arriscasse a dizer qualquer coisa contra a atriz estaria condenado a vaias. Mas descobri com a internet que nem todo mundo morre de amores por tudo que Davis faz, o que também é muito compreensível. Para quem, imparcialmente, assiste a seus primeiros grandes filmes e percebe uma grande tendência da atriz para o exagero, não se espante, apesar de Davis ter revolucionado a maneira de como se atuava nos anos 30, isso não significa que tudo o que ela fez naquela década foi perfeito. Com o tempo, Davis soube muito bem controlar suas tendências e de Jezebel em diante nos entregou aula de atuação atrás de aula de atuação. Espanta-me que ainda na década de 40, Davis tenha dado uma escorregada tão grande como deu em Vaidosa. Eu posso até entender quem descontraidamente goste dessa performance, apesar de ser completamente irritante, tem sua graça. Mas não vejo nada além disso. É uma performance completamente vazia, e por culpa de Bette, porque Fanny Skeffington é um personagem super complexo. No fim a impressão que ficou comigo é de que Bette estava fazendo uma imitação de si mesma, ou seja, sua criação de personagem não deu nenhum pouco certo comigo. Pura decepção!

OSCAR: Melhor Atriz Principal - 1980



E as indicadas foram...


Assista ao Vídeo com Notas
(Password: bpbaa)

Visão Geral: 

A General View: Coming Soon! 




Ranking dos filmes:
Ordinary People ★★
Coal Miner's Daughter ★★
Private Benjamin ★★½
Gloria ★★
Resurrection ★★

OSCAR: Melhor Atriz Principal - 1931



E as indicadas foram...


Assista ao Vídeo com Notas
(Password: bpbaa)

Visão Geral: 

A General View: Coming Soon! 




Ranking dos filmes:
Min and Bill ★★
A Free Soul ★★
Cimarron ★★
Morocco ★★½
Holiday ★★

OSCAR: Melhor Atriz Principal - 1982






Julie Andrews
Victor ou Victoria
(Victor/Victoria)
★    

Visão Geral: Victor ou Victoria é um musical que começa ótimo e termina péssimo. Talvez por sua desnecessariamente longa duração, o filme não consegue esconder suas próprias falhas, pois elas vão se repetindo até nos cansar. Ainda que Julie Andrews não convença nenhum pouco como homem, não é esse o maior defeito de sua performance. Nem nos números musicais, em que a atriz é craque, ela estabelece uma conexão forte com o público. Até o final, nada realmente faz de Victor ou Victoria um filme interessante, inclusive Andrews, ou seja, sua indicação é quase descabida.

OSCAR: Melhor Atriz Principal - 1979



E as indicadas foram...


Watch the Video with Ratings
(Password: bpbaa)

Visão Geral: 

A General View: Coming Soon! 



Ranking dos filmes:
Norma Rae ★★½
Starting Over ★★
The Rose 
The China Syndrome ½
Chapter Two ★★

quinta-feira, 22 de maio de 2014

OSCAR: Melhor Atriz Principal - 1999



E as indicadas foram...


Assista ao Vídeo com Notas
(Password: bpbaa)

Visão Geral: 

A General View: Coming Soon! 




Ranking dos filmes:
Boys Don't Cry ★★
American Beauty ★★
The End Of Affair ½
Tumbleweeds 
Music Of The Heart ★★½

quarta-feira, 21 de maio de 2014

OSCAR: Melhor Atriz Principal - 1970






Jane Alexander
A Grande Esperança Branca
(The Great White Hope)
 ★   

Visão Geral: Jane Alexander recebeu quatro indicações ao óscar e eu não consigo pensar em nenhum ano que ela realmente merecesse vencer. Por A Grande Esperança Branca ela teve sua primeira indicação. É um trabalho bastante estranho, quando a gente acha que um grande momento de bela atuação chegou, Alexander estraga tudo fazendo caretas inacreditáveis. Sua química com James Earl Jones é praticamente inexistente e o impacto final é raso. Uma indicação completamente desperdiçada.

terça-feira, 20 de maio de 2014

OSCAR: Melhor Atriz Principal - 1952







Julie Harris
Cruel Desengano
(The Member of the Wedding)
★ ★   

Visão Geral: Julie Harris é a atriz que mais venceu Tony Awards - o Oscar das peças teatrais, e com certeza é considerada uma das grandes atrizes americanas. Cruel Desengano é a adaptação de uma peça que a própria interpretou na Broadway, e que conta a história de uma menina com aparência de menino que não suporta o fato de que seu irmão mais velho vai se casar. O papel é muito bom: uma personagem que passa por uma transição tardia entre a infância e a adolescência, e a descoberta de sua própria personalidade. Mas Harris parece apenas preocupada com a parte técnica, principalmente em convencer como uma tomboy de 12 anos, quando na verdade tinha 27. Para isso, a atriz tomou o risco de forçar a voz, o que resultou numa atuação irritante, onde o ápice do insuportável foi atingido nas cenas em que a personagem grita e chora sem parar. Sem contar que com 30 minutos de filme, nem a atriz nem a direção, parecem mais preocupados em convencer que a personagem tem apenas 12 anos. Um desastre que mancha a carreira de uma atriz consagradíssima.

segunda-feira, 19 de maio de 2014

OSCAR: Melhor Atriz Principal - 1993






Debra Winger
Terra das Sombras
(Shadowlands)
★ ★   

Visão Geral: Além de Vestígios do Dia, Anthony Hopkins também protagonizou Terra das Sombras que conta a história de amor e amizade que o escritor de As Crônicas de Nárnia teve com uma escritora norte-americana interpretada por Debra Winger. Aqui acontece diferente de Vestígios do Dia, o personagem de Hopkins é bem mais caloroso e receptivo, mas mesmo assim a química com Debra não é nada além de aceitável. Winger tem momentos pra emocionar o público, mas estes momentos não me disseram nada, nem me fizeram gostar mais do filme ou me sentir mais conectado com ele. Mas, como Winger é uma ótima atriz, a performance não cai completamente na mediocridade, e por isso uma nota na média.

My Winners / Minhas Vencedoras


1928 ★ Janet Gaynor - Seventh Heaven
1939 ★ Vivien Leigh - Gone With The Wind
1940 ★ Joan Fontaine - Rebecca
1941 ★ Bette Davis - The Little Foxes
1943 ★ Jennifer Jones - The Song Of Bernadette
1946 ★ Celia Johnson - Brief Encounter
1947 ★ Susan Hayward - Smash-Up, The Story of a Woman
1950 ★ Gloria Swanson - Sunset Boulevard
1951 ★ Vivien Leigh - A Streetcar Named Desire
1953 ★ Audrey Hepburn - Roman Holiday
1954 ★ Judy Garland - A Star Is Born
1955 ★ Eleanor Parker - Interrupted Melody
1956 ★ Carroll Baker - Baby Doll
1958 ★ Rosalind Russell - Auntie Mame
1959 ★ Simone Signoret - Room At The Top
1960 ★ Deborah Kerr - The Sundowners
1961 ★ Sophia Loren - Two Women
1962 ★ Katharine Hepburn - Long Day's Journey Into Night
1963 ★ Patricia Neal - Hud
1964 ★ Kim Stanley - Seance On A Wet Afternoon
1965 ★ Elizabeth Hartman - A Patch Of Blue
1967 ★ Anne Bancroft - The Graduate
1968 ★ Katharine Hepburn - The Lion In Winter
1969 ★ Maggie Smith - The Prime Of Miss Jean Brodie
1971 ★ Julie Christie - McCabe and Mrs Miller
1974 ★ Gena Rowlands - A Woman Under The Influence
1975 ★ Isabelle Adjani - The Story Of Adele H.
1977 ★ Diane Keaton - Annie Hall
1978 ★ Ingrid Bergman - Autumn Sonata
1981 ★ Marsha Mason - Only When I Laugh
1983 ★ Meryl Streep - Silkwood
1984 ★ Vanessa Redgrave - The Bostonians
1985 ★ Geraldine Page - The Trip To Bountiful
1986 ★ Sigourney Weaver - Aliens
1988 ★ Glenn Close - Dangerous Liaisons
1989 ★ Jessica Tandy - Driving Miss Daisy
1990 ★ Kathy Bates - Misery
1991 ★ Jodie Foster - The Silence Of The Lambs
1995 ★ Susan Sarandon - Dead Man Walking
1996 ★ Emily Watson - Breaking The Waves
1998 ★ Fernanda Montenegro - Central do Brasil
2001 ★ Nicole Kidman - Moulin Rouge!
2002 ★ Julianne Moore - Far From Heaven
2004 ★ Kate Winslet - Eternal Sunshine Of The Spotless Mind
2006 ★ Judi Dench - Notes On A Scandal
2007 Marion Cotillard - La Vie En Rose
2010 ★ Annette Bening - The Kids Are All Right
2011 ★ Viola Davis - The Help
2012 ★ Emmanuelle Riva - Amour
2013 ★ Cate Blanchett - Blue Jasmine

Multiple wins / Multiplas vitórias: 1 [(Katharine Hepburn (2x) - Long Day's Journey Into Night and The Lion In Winter), (Vivien Leigh (2x) - Gone With The Wind and A Streetcar Named Desire)]
Actresses who have really won / Atrizes que realmente venceram: 18 (Janet Gaynor - Seventh Heaven, Vivien Leigh - Gone With The Wind, Jennifer Jones - The Song Of Bernadette, Vivien Leigh - A Streetcar Named Desire, Audrey Hepburn - Roman Holiday, Simone Signoret - Room At The Top, Sophia Loren - Two Women, Patricia Neal - Hud, Katharine Hepburn - The Lion In Winter, Maggie Smith - The Prime Of Miss Jean Brodie, Diane Keaton - Annie Hall, Geraldine Page - The Trip To Bountiful, Jessica Tandy - Driving Miss Daisy, Kathy Bates - Misery, Jodie Foster - The Silence Of The Lambs, Susan Sarandon - Dead Man Walking, Marion Cotillard - La Vie En Rose, Cate Blanchett - Blue Jasmine)
Directors of most winners / Diretores de mais vencedoras: George Cuckoo [(2x) Vivien Leigh - Gone With The Wind, Judy Garland - A Star Is Born]; Woody Allen [(2x) Diane Keaton - Annie Hall, Cate Blanchett - Blue Jasmine]; William Wyler [(2x) Bette Davis - The Little Foxes, Audrey Hepburn - Roman Holiday]; Mike Nichols [(2x) Meryl Streep - Silkwood, Anne Bancroft - The Graduate]; Elia Kazan [(2x) Vivien Leigh - A Streetcar Named Desire, Carroll Baker - Baby Doll]
Multiple second places / Múltiplos segundos lugares: 6 [(Meryl Streep (5x) - A Cry In The Dark, Postcards from the Edge, The Bridges of Madison County, The Iron Lady, August Osage County), (Katharine Hepburn (3x) - The Philadelphia Story, The Rainmaker, On Golden Pond), (Olivia de Havilland (2x) - Hold Back The Dawn and To Each His Own), (Audrey Hepburn (2x) - The Nun's Story and Breakfast at Tiffany's), (Bette Davis (2x) - All About Eve, What Ever Happened to Baby Jane?), (Sissy Spacek (2x) - Crimes Of The Heart, In The Bedroom)]
Multiple last places / Múltiplos últimos lugares: 5 [(Meryl Streep (2x) - The French Lieutenant's Woman, The Devil Wears Prada), (Anne Bancroft (2x) - The Turning Point, Agnes Of God), (Jennifer Jones (2x) - Duel In The Sun, Love Is A Many Splendored Thing), (Greer Garson (2x) - Madame Curie, Sunrise At Campobello), (Deborah Kerr (2x) - From Here To Eternity, Separate Tables)]

domingo, 18 de maio de 2014

OSCAR: Melhor Atriz Principal - 2007






Cate Blanchett
Elizabeth: A Era de Ouro
(Elizabeth: The Golden Age)
★ ★   

Visão Geral: Em 1999, as chances de Cate Blanchett ganhar seu primeiro óscar eram altíssimas, já que tinha vencido o globo de ouro e seu filme também concorria na categoria principal, mas Gwyneth Paltrow levou a melhor. Ali, tínhamos Blanchett interpretando Rainha Elizabeth I ainda jovem, encarnando quase que perfeitamente a juventude de uma mulher aprendendo o necessário para se tornar uma monarca. Em 2007 foi chamada para viver a Rainha em sua vida madura em Elizabeth: A Era de Ouro e mais uma vez concorreu ao óscar. Acontece que um abismo de qualidade separa ambas performances. Enquanto vemos pura poesia em sua jovem rainha, vemos uma Elizabeth adulta quase engessada. A verdade é que parece que Blanchett não estava completamente envolvida na sequência do filme, fica claro como ela estava desinteressada do projeto. Uma ou outra cena em que a atriz mostra seu poder de interpretação não é capaz de salvar uma personificação fraca de Rainha Elizabeth.

OSCAR: Melhor Atriz Principal - 1998



E as indicadas foram...


Assista ao Vídeo com Notas
(Password: bpbaa)

Visão Geral: 

A General View: Coming Soon! 




Ranking dos filmes:
Central do Brasil ½
Elizabeth ★★½
Hilary and Jackie ★★½
Shakespeare In Love ★★½
One True Thing ★★½