sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

OSCAR ALTERNATIVO: Melhor Atriz Principal - 1975






Karen Black
O Dia do Gafanhoto
(The Day of the Locust)
★★

Visão Geral: Karen Black, depois de despontar com sua performance em Five Easy Pieces, inclusive sendo indicada ao óscar, começou a ser requisitada para grandes produções dos anos 70, chegando a trabalhar com Jack Clayton, Robert Altman e Alfred Hitchcock. Contudo, nunca mais teve chance com a Academia. A vez que chegou mais perto foi exatamente em 1975 por O Dia do Gafanhoto, talvez o trabalho mais megalomaníaco de John Schlesinger, e um dos seus mais fracos. Dividindo a tela com Donald Sutherland e William Atherton, o trio conta uma história fictícia sobre a vida na Hollywood dos anos 30. Black não era a atriz mais bonita, nem costumava usar o cabelo loiro, mas pareceu a escolha perfeita para a personagem que tem claras referências a Jean Harlow - maior símbolo sexual dos anos 30, mas que também não considero tão bonita. A verdade é que a performance de Black vai por dois lados, por um deles temos uma mulher intragável e muitas vezes unidimensional, e por outro uma personificação incrível da wannabe americana da Hollywood de ouro. E sim, o segundo lado supera o primeiro, já que Black convence completamente tanto no visual, quanto na construção da personagem, incluindo linguagem corporal e voz.